Quem?

Chorou tanto que
inundou a cidade.

Saiu no jornal.
Comentou a mãe de família…
Foi piada e foi tristeza.

Discussão de bar e mesa.

Fez nadar os secos
porque nada é eco.

Faz lembrar:

Quem que chora?

(Poeta Bastardo)



Categoria: Poesia |
| Postado em: 19.03.14

Deixe seu comentário